Quem Somos Produtos e Serviços Cases Clientes Artigos Galeria de Eventos Fale Conosco

artigos

artigo16

 

PLANO DE VÔO – REGRAS DE OURO PARA UMA TRAJETÓRIA DE SUCESSO
Márcio Nobre

Quando embarcamos em um avião, raramente nos questionamos ou temos ciência de todos os procedimentos que são necessários para que a aeronave venha a alçar um vôo seguro e conquiste o seu objetivo com tranqüilidade. Inspeções periódicas, check-lists pré e pós vôo, plano de rotas, aferições e uma série de ações predefinidas e de suma importância que são determinantes para o sucesso da operação.

Ao embarcar no ambiente profissional, ao iniciar uma carreira são raras as pessoas que desenvolvem “procedimentos” para um vôo tranqüilo e de sucesso. Isso acontece principalmente porquê a questão “plano/planejamento” não é vista com a devida seriedade e acaba negligenciada ao longo da vida pessoal e profissional. Além disso, muitas pessoas não sabem por onde começar seus planos, o que incluir no projeto, o que fazer e como fazer para alcançar suas metas dentro das organizações.

Existem algumas regras de ouro que são decisivas para que este “vôo” tenha o mínimo de turbulência possível. Faça seu check-list e verifique o que há para desenvolver ou melhorar:

Networking – Relacionamento é chave. Avaliar a sua rede, sua real efetividade, extensão, fluência e solidez compõem uma importante regra a ser considerada. Aproveite momentos de integração e interaja. Faça-se presente, disponibilize-se e capture informações. O relacionamento estratégico deve ser incluído em seu plano de vôo e deve ser mensurado periodicamente para que você não fique com uma rede defasada e sem referenciais naquela próxima reunião almoço com um cliente. O ideal de networking é que em seus contatos você possa pensar/dizer algo do tipo “Ótimo conhecermos tantas pessoas em comum, esse mundo é pequeno mesmo”.

Vitrine – Você já comeu alguma vez ovo de perua? Pois essa é a diferença da galinha. Quando ela coloca ovos sai avisando o que fez e o que faz. Se você não contar, não expor as suas potencialidades, não demonstrar a sua capacidade, raramente alguém saberá do que você é capaz. Ressalte seus pontos fortes e desenvolva sua iniciativa para estar em evidência. Há um universo de oportunidades ao redor das pessoas, mas nem todas as enxergam como tal. Assuma novas responsabilidades.

Lateralidade – Em muitas empresas encontramos verdadeiros feudos ou trincheiras que prejudicam a sinergia organizacional. Falar a mesma língua é muito importante, mas como saber qual é o idioma se não compreendemos os diferentes universos (leia-se áreas) da empresa. Adquira conhecimentos sobre a realidade dos diferentes postos de trabalho que compõe a sua empresa. Saiba como pensam e o que fazem cada um destes universos para que no futuro você possa seguir uma trajetória vertical (promoção) com maior propriedade.

Raio-X – Se você precisasse fazer um anúncio classificado de você mesmo, como isso seria? Autoconhecimento é um ponto importantíssimo neste check-list. Avalie-se de maneira consciente e mapeie seus diferenciais e competências. Classifique-os e desenvolva um plano de melhorias para não ser pego de surpresa com as constantes mudanças de cenários e necessidades que o mercado impõe.

Lugar Comum – Fuja dele! Ser pontual, honesto, bem apresentável é premissa básica. Isso não serve há muito tempo como diferencial. Se você não sabe falar em público, busque um treinamento sobre isso. Se você tem dificuldades em cumprir prazos, pratique a administração do seu tempo. Se você quer um resultado diferente, faça algo diferente.

Inovatividade – Já ouviu falar disso? Muito se fala em inovação e criatividade, mas a grande verdade é que para atingir um alto índice de desempenho nestes dois motes, ambos precisam ser desenvolvidos em conjunto. Nem tudo que se inova é feito com criatividade, assim como nem tudo que se cria é inovador. O importante é manter a mente aberta, desenvolver suas percepções e buscar constantemente diferentes soluções para um mesmo problema. Esse grande desafio depende da próxima regra...

Ambiente Favorável – Encontre, crie e/ou desenvolva um ambiente favorável para que seu plano evolutivo aconteça. Empresas estagnadas oferecem poucas chances de sucesso, empresas em “movimento” podem ser um ótimo local para a sua decolagem.

As organizações que investem no treinamento e desenvolvimento de seus colaboradores, certamente são as mais promissoras para o seu plano de vôo dar certo.

Uma ótima viagem e muito sucesso!





 
© Copyright 2006, J.A. Nobre Consultores Associados
Webdesign by Webbureau